terça-feira, 4 de junho de 2013

Canção de amor




Vida de social media escritafinense é dureza. Como escrever um texto ouvindo "A linha e o linho"? Dureza. A pessoa não sabe se chora, se ri, se fica boquiaberta, se fica com cara de boba... A única certeza é de que tá na hora de pausar a música ou esse texto não sai é nunca!
*Pause*
Pois bem... Como a gente já disse uma vez: está chegando aquele dia  que todos os solteiros amam odiar: o Dia dos Namorados. O pânico rola solto! Tem solteiro que corre pra Santo Antônio, tem solteiro que corre pra farra, tem xamegado querendo ficar solteiro... Mas o desespero geral mesmo é o dos xamegados que não fazem ideia de que presente comprar. Não que a gente acredite nisso de que amor e presente andam de mãos dadas. Mas pra quem curte fazer aquele agrado, fica aqui a sugestão. 
Hmm... Acho que entregamos o jogo já no primeiro parágrafo de que o nosso livro, cujo texto é a letra da linda canção do  Gil, é a nossa pedida, né? Afinal, taí uma declaração de amor prontinha e linda de mão beijada. E com ilustras maravilhosas. E a um precinho camarada (somente R$15,00). E é o Gil, poxa! Quando no mundo se tem a oportunidade de pegar versos de Gilberto Gil emprestados e bordados pra dar de presente? Só quando a Escrita dá uma força.
E se a grana estiver curta, vale também aquela serenata. Mas nem precisa se preocupar com os possíveis desafinos! Afinal, dizem por aí que o amor, além de cego, também é surdo ;-) 

Nenhum comentário: