segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Um regalo pra Bartô


Como a gente aqui na Escrita não cansa de dizer: o Bartô é nosso muso! Ele é aquele cara que quando a gente lê, parece até que tá sentado na mesa do boteco, com um pingado e um pão com manteiga. Um guerreiro incansável na cruzada pela popularização da leitura. O Bartô é dos nossos e se cá entre nós estivesse (em carne e osso, porque em obra e espírito estará sempre), com certeza seria um escritafinense ferrenho.
Mas, como já era de se esperar num país que não dá lá muita bola pra literatura (o que há de mudar!!!), tem uma galera que nunca ouviu falar nessa lenda chamada Bartolomeu Campos de Queirós. E nós, que amamos esse tipo de missão literária, quando vimos o livro do Augusto, não pensamos duas vezes: vamos espalhar Bartô pelo mundo! Começando devagarzinho, com poesia e delicadeza. Não que Augusto Pessôa mereça um segundo plano nessa história. Muito pelo contrário! Há que se ter muita coragem pra acatar uma missão como essa. E também muito talento. 
Bartlomeu Campos de Queirós foi escritor, educador, crítico de arte, museógrafo e ...para pra respirar... ensaísta. O Augusto conviveu com o Bartô (ô invejinha!) e resolveu mostrar pra gente (e pra vocês) o grande homem por trás da grande obra. Agora em janeiro fez um ano, no dia 16, que ele se foi, e esse livro é uma forma, não só do Augusto, mas de todos nós, de matarmos a saudade. E pra quem ainda não o conhecia, fica aquela peninha de não ter aproveitado esse moço até agora. Mas ainda dá tempo!

 Histórias do Bartô: uma homenagem a Bartolomeu Campos de Queirós será lançado na Blooks, dia 30 de janeiro. Pra mais informações, é só clicar no convite.

sábado, 26 de janeiro de 2013

Os quatro dias mais aguardados do ano


Só de pensar nele chegando o coração acelera, dá aquele frio na barriga, as pernas começam a tremer... Pensou naquele gatinho (ou gatinha) com o qual você esbarrou ontem à noite? Nada disso! Estamos falando é do Carnaval. E só de pensar, já dá vontade de sair dançando por aí :-)
Há quem diga que Carnaval é alienação, perversão, falta de ducação e todos os outros "ãos" dos quais ninguém gosta. Mas como a gente adora ser do contra e mostrar o outro lado da moeda, pegamos a Mirna Brasil Portella pra provar por a mais b que carnaval é muita cultura! E bota cultura nisso! Carnaval é a história da gente, o Brasilzão do cotidiano, que, ao menos por 4 dias, vira destaque. Carnaval é muita música e muita história pra contar. E é claro que oCarnavalança da Mirna tinha que vir com um time de primeira cantando as marchinhas que todo mundo adora, além das belas palavras da nossa autora. Pois é... e não é que Carnaval também pode ser livro?! Uau!
Mas quem pensa em Carnaval, pensa logo é na folia. E é por isso que domingo vai rolar o Baile do Carnavalança na Fundição Progresso, aqui no Rio, a partir das 16 horas, pra abrir o já famoso concurso de marchinhas da cidade maravilhosa. Mas se você mora longe, não tem problema... o concurso vai passar na tela da tv no meio desse povo Globo! 
Preparados pra botar o bloco na rua? Então deixa pronto o escalda-pés pra segunda-feira, que domingo a gente não vai deixar ninguém ficar sentado!


quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Olá, 2013! Você por aqui?

Foto de Bowen Murphy


Hoje é o novo dia de u.... OH WAIT! Essa é a musiquinha do fim do ano. A gente quer é uma pro início, pra virada, pra botar aquela resolução bombástica de ano novo pra funcionar. Uma que nos anime a ficar mais que a primeira semana de janeiro na academia, que nos dê energia pra começar aquele programa de voluntariado bacana, que nos ajude a dar um gás pra estudar como nunca e finalmente passar no vestibular! Ah que beleza essa coisa de ano novo, que nos dá o impulso de que a gente precisa pra começar de novo. Como se a gente não pudesse "começar de novo" todo santo dia, né? Mas já que o ser humano curte uma desculpa esfarrapada, então vamos lá fingir que só dá pra dar uma reviravolta na vida quando o ano vira. E aproveitar pra fazer uma festinha também, que ninguém é de ferro.
Pois o ano virou, a primeira semana já até passou, as promessas já foram feitas e agora só falta cumprir cada uma delas até o próximo 31 de dezembro ;-) Fácil, né? Resolveu ser uma pessoa melhor? Nós também! A gente se ajuda e chega lá. Mas sabe o que mais nos daria prazer neste ano que se inicia? Que vocês resolvessem que em 2013 lerão mais livros ainda da Escrita. A gente jura que vai dar duro o ano inteirinho pra ninguém dizer que foi por falta de livro que não cumpriu a resolução. Mas ó, se vocês só resolverem que vão ler mais, mesmo que no pacote entrem os livros da concorrência, a gente vai ficar feliz também :-)

Ah! E a tal da música pra abrir os trabalhos de 2013? Hmmm... Vamos abrir a janela e deixar o sol entrar, mas o resto da trilha sonora fica por conta de vocês. Qual a música que vai te dar aquele gás neste novo ano? A gente quer saber!